Azul Escuro


Eu desenhei todos os planos que você ia desfazer
calculei quantos cabelos brancos teria
quando fizesse dezesseis
Agora não há nada que não seja azul-escuro
Um céu inteiro sem estrelas
Um brincadeira sem uso

Eu sei que é pedir muito
Você ficar aqui
Com a gente até o fim

Nem sequer amanheceu
E você já foi embora
Às vezes, é mesmo assim